terça-feira, 26 de maio de 2015

PROFETA SEM HONRA EM SUA CASA

O PROFETA NÃO TEM HONRA SENÃO EM SUA PRÓPRIA CASA.

Não hei de me espantar com a questão da honra que receberei aqui, ali, ou onde Deus me mandar. Uma coisa Jesus falou claramente: (Mateus 13: 57)... E ficavam escandalizados por causa dele. Mas Jesus lhes disse: "Só em sua própria terra e em sua própria casa é que um profeta não tem honra". (Marcos 6: 4)... Jesus lhes disse: "Só em sua própria terra, entre seus parentes e em sua própria casa, é que um profeta não tem honra".
Quando lemos (João 4: 44), encontramos também o próprio Jesus testemunhando que um profeta não tem honra em sua própria terra. No livro de Marcos, encontramos novamente a expressão de Jesus: “Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra, senão na sua terra, entre os seus parentes e na sua casa.” (Marcos 6:4). Os profetas enfrentaram problemas com seus patrícios por causa da completa devoção a Deus e o compromisso inadiável com o Senhor. Jesus experimentou desta situação quando retornou a sua cidade (cf. 6:1-3).
A princípio, ao pregar ali, Jesus foi admirado pelos seus conterrâneos, onde eles ficaram maravilhados com a sabedoria de seu ensino, porém, tudo caiu por terra quando perceberam que se tratava de um homem comum, um carpinteiro, filho de Maria a qual conheciam (cf. 6:2-3). “Ele é o carpinteiro, o que ele está fazendo na sinagoga pregando?” Poderia ser a indagação daqueles nazarenos.             
Após Jesus dizer que um profeta não tem honra em sua própria terra, Marcos narrou: “Não pôde fazer ali nenhum milagre, senão curar uns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos. Admirou-se da incredulidade deles.” (6: 5,6a). O problema não estava meramente em Jesus ser um carpinteiro, filho de Maria e ter aqueles homens e mulheres mencionados como irmãos dele na carne (cf. 6:3), mas nas próprias pessoas que olhavam para o exterior; aquilo que conheciam; o que suas vistas conseguiam enxergar, como diria Jesus: “cisco no olho dos outros”  (Mateus 7:3-5), não dando atenção e valor a mensagem proferida pelo Senhor (profeta; pregador; mestre), se esquecendo, desta forma, de olhar para si mesmos e seus erros (“trave nos olhos” completando a advertência de Jesus em Mateus 7:3-5).
Neste texto entendemos algumas verdades que Jesus ensinou a respeito de Honra e Autoridade. Embora sejam duas coisas que podem andar juntas, uma não depende da outra, vejamos: Jesus estava em Nazaré, na cidade em que cresceu, e não foi bem recebido, não pode realizar os milagres que fez em vários lugares, por causa da incredulidade e desprezo daquele povo. Eles o expulsaram da cidade e quase o lançaram num precipício. “Até os irmãos de Jesus não criam nele” (João 7.5).
O nosso maior erro é sempre “achar” que seremos bem aceitos na nossa casa; “achar” que somos capazes de agradar a todos! Se o homem mais influente que o mundo conheceu enfrentou desconfianças dentro da própria casa, por que seria diferente com a gente?
Nem todos vão acreditar em você.
Nem todos vão te apoiar.
Nem todos vão querer te ouvir. Mas nunca se abata com isso.
Nem todos acreditavam em Jesus, e não foi por isso que Ele deixou de ser quem Ele era, é e sempre será! Pense nisso.
  


Pastor João Marcos Ferreira.

2 comentários:

  1. Wannabe police don't need to wait long to get their arms on a gun and logo when the encounter delivers this Nov in the UK, in Dec in Sydney, and in Jan 2008 for the US.
    buy rs gold

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus Maravilhoso!!!, Grande é o Teu amor por mim, obg!!!, muito obg!!!. Mais que entendido.

    ResponderExcluir