sexta-feira, 11 de novembro de 2016

ANTES QUE SE ROMPA O CORDÃO DE PRATA OU SE QUEBRE A TAÇA DE OURO.(Eclesiastes 12)


Salomão inicia (Ecles.12), com a seguinte expressão “LEMBRA-TE DO TEU CRIADOR. E aí, começa um relato interessante; antes que; antes que... (Ecle.12:6). Lembre-se do seu Criador, antes que se rompa o cordão de prata ou se quebre a taça de ouro; antes que o cântaro se despedace junto à fonte a roda se quebre junto ao poço. O versículo citado pelo autor, que soa quase como uma poesia, é uma alegoria ao corpo que está morrendo, e o alerta então é que pode ser tarde demais para voltar atrás. Quando um homem tem a dor de rever uma vida desperdiçada, até ser forçado a dizer, não tenho prazer neles, torna sua sinceridade muito questionável. Talvez você já tenha se deparado com esse tipo de pessoa, aquele que diz, vou ajudar, vou tomara frente da Obra de Deus, e lá na frente você entende que nada era verdade. Havia apenas a vaidade de ser liderança, mesmo que imposta pelo homem. Você, se Jesus não voltar e você não for, vai envelhecer e vai lembrar de (Eclesiastes 12:1-8)... Lembra-te também do teu Criador, antes que venham os maus dias, e cheguem os anos dos quais venhas a dizer: Não tenho neles contentamento; Antes que se escureçam o sol, e a luz, e a lua, e as estrelas, e tornem a vir as nuvens depois da chuva; No dia em que tremerem os guardas da casa, e se encurvarem os homens fortes, e cessarem os moedores, por já serem poucos, e se escurecerem os que olham pelas janelas; E as portas da rua se fecharem por causa do baixo ruído da moedura, e se levantar à voz das aves, e todas as filhas da música se abaterem. Como também quando temerem o que é alto, e houver espantos no caminho, e florescer a amendoeira, e o gafanhoto for um peso, e perecer o apetite; porque o homem se vai à sua casa eterna, e os pranteadores andarão rodeando pela praça; Antes que se rompa o cordão de prata, e se quebre o copo de ouro, e se despedace o cântaro junto à fonte, e se quebre a roda junto ao poço, E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu. Vaidade de vaidades, diz o pregador, tudo é vaidade.

Nesse sentido o Cordão de Prata significaria a medula da espinha dorsal, que vem do cérebro, e daí desce até o extremo inferior da coluna vertebral, formando um grande cordão branco parecido com a prata, juntamente com os nervos, com a função de conduzir impulsos nervosos das regiões do corpo até o encéfalo, produzir impulsos e coordenar atividades musculares e reflexos.

A Taça de Ouro seria uma referência ao recipiente onde eram colocado azeite listado por Zacarias e representa as membranas que envolvem o cérebro, e Elas possuem a função de proteger esse sistema tão importante. A dura-máter, meninge mais externa, A aracnoide é uma membrana serosa e está em posição mediana, entre a dura-máter e a pia-máter. Ela recebe esse nome em razão de sua estrutura assemelhar-se a uma teia de aranha. Então Ele me perguntou: “O que você está vendo?” Respondi: “Vejo um candelabro de ouro maciço com um recipiente para azeite na parte superior e sete lâmpadas e sete canos para as lâmpadas. Há também duas oliveiras junto ao recipiente, uma à direita e outra à esquerda”. (Zac.4:2,30).

Parte dos estudiosos entendem que a Fonte representa o ventrículo direito do coração, reconhecido como a fonte da vida, pois do ventrículo direito, o sangue é bombeado e enviado aos pulmões através das artérias pulmonares, direita e esquerda; e o jarro são as artérias que transportam o sangue para as outras partes do corpo.

Por fim o Poço é o ventrículo esquerdo do coração, e a Roda parece ser a grande artéria, porque é o grande instrumento desta circulação. Dessa forma entende-se que o versículo é de fato uma comparação com a anatomia do corpo, ou simplesmente uma metáfora de como a velhice vai encerrando a nossa vida. Salomão, continua sua linha de raciocínio: Diz o mestre. “Nada faz sentido! Vaidade de vaidades, diz o pregador, tudo é vaidade.

PRECISAMOS TER ESTABILIDADE EM TEMPOS INSTÁVEIS. Há momentos que temos que repreender o escarnecedor, mesmo que venhamos ser odiados por ele. Salomão adverte: Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará. Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio; ensina o justo e ele aumentará em entendimento. O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência. (Prov. 9:8-10). Salomão repete esse versículo sobre o temor do senhor, ao escrever que os mandamentos do senhor são eternos. Veja: As obras das suas mãos são verdade e juízo, seguros todos os seus mandamentos. Permanecem firmes para todo o sempre; e são feitos em verdade e retidão. Redenção enviou ao seu povo; ordenou a sua aliança para sempre; santo e tremendo é o seu nome. O temor do Senhor é o princípio da sabedoria; bom entendimento têm todos os que cumprem os seus mandamentos; o seu louvor permanece para sempre. (Sal.111:7-10).

O Profeta Isaías, declara o temor do Senhor, como um tesouro: (Isaías 33:6): “Haverá, ó Sião, estabilidade nos teus tempos, abundância de salvação, sabedoria e conhecimento; o temor do SENHOR será o teu tesouro.” Todos nós que andamos neste mundo, passamos por muitas situações difíceis, e é o temor e a obediência que geram estabilidade. Quando uma pessoa teme a Deus, e se aplica ao Conhecimento da Palavra, está sendo sábia, e o sábio teme ao Senhor, logo, nunca haverá ruína para ele. Assim dizem os dois fundamentos de (Mateus 7:24): “Todo aquele, pois, que ouve estas minhas palavras e as pratica será comparado a um homem prudente que edificou a sua casa sobre a rocha;”

O que acontece com quem leva uma vida de temor? Diz assim: “e caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, que não caiu, porque fora edificada sobre a rocha.” (V. 25). Agora, vê a pessoa que não teme a Deus: “E todo aquele que ouve estas minhas palavras e não as pratica será comparado a um homem insensato que edificou a sua casa sobre a areia;” (V. 26). Depois, o que acontece? “E caiu a chuva, transbordaram os rios, sopraram os ventos e deram com ímpeto contra aquela casa, e ela desabou, sendo grande a sua ruína.” (V. 27). Vê, uma não caiu, a outra desabou. Quem é que não cai? Quem teme a Deus, quem aborrece o mal. Olha o que está escrito; (Heb.12:25): “Tende cuidado, não recuseis ao que fala. Pois, se não escaparam aqueles que recusaram ouvir quem, divinamente, os advertia sobre a terra, muito menos nós, os que nos desviamos daquele que dos céus nos adverte,”. Deus, dos céus, adverte a Sua Igreja e diz: para haver estabilidade, para haver abundância deve existir temor do Senhor. Depois, diz no (V.28): “Por isso, recebendo nós um reino inabalável, retenhamos a graça, pela qual sirvamos a Deus de modo agradável, com reverência e santo temor”. Há em nossos dias muitos Pastores que são mais empresários e dão mais importância a TÍTULOS (Presidente regional; Presidente de União, Presidente disso e daquilo, de muitos), enquanto há ovelhas sob sua reponsabilidade que nunca visitou, e só comparece para fazer cerimônia fúnebre, com choro de aparente amargura, (exercendo papel das carpideiras; as lamuriantes contratadas vestiam-se de preto e não costumavam usar perfume. Em (II Samuel 14.2), é citado o caso de uma mulher astuta contratada por Joabe para simular um luto perante o rei Davi, diz a Escritura: Finge que estás profundamente triste, põe vestido de luto, não te unjas com óleo e sê como mulher que há muitos dias está de luto por algum morto.) O choro desses Pastores (pseudos), deveria ser de remorso, porque vai responder diante de Deus, por haver desprezado as ovelhas.
Quando se procura o Pastor, ouvimos: Viajou a um CONGRESSO; Viajou para receber um TÍTULO, agora é presidente de mais alguma coisa; Viajou para a CONVENÇÃO; Viajou para uma REUNIÃO DE MINISTROS; Viajou; viajou, viajou.
Visitei um Membro ativo que cooperou toda sua vida na obra de Deus, por mais de 50 (cinquenta) anos, e hoje está em casa com uma doença terminal aos 85 anos. Em três anos, Pasmem!!! Repito TRÊS ANOS, RECEBEU UMA VISITA DE SEU PASTOR. Parabéns Pastor; Deus está te contemplando.

Deus mandou e Ezequiel escreveu: Ezequiel 34:1-11)... E veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, profetiza contra os pastores de Israel; profetiza, e dize aos pastores: Assim diz o Senhor DEUS: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. As fracas não fortalecestes, e a doente não curastes, e a quebrada não ligastes, e a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza. Assim se espalharam, por não haver pastor, e tornaram-se pasto para todas as feras do campo, porquanto se espalharam. As minhas ovelhas andaram desgarradas por todos os montes, e por todo o alto outeiro; sim, as minhas ovelhas andaram espalhadas por toda a face da terra, sem haver quem perguntasse por elas, nem quem as buscasse. Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: Vivo eu, diz o Senhor DEUS, que, porquanto as minhas ovelhas foram entregues à rapina, e as minhas ovelhas vieram a servir de pasto a todas as feras do campo, por falta de pastor, e os meus pastores não procuraram as minhas ovelhas; e os pastores apascentaram a si mesmos, e não apascentaram as minhas ovelhas; Portanto, ó pastores, ouvi a palavra do Senhor: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu estou contra os pastores; das suas mãos demandarei as minhas ovelhas, e eles deixarão de apascentar as ovelhas; os pastores não se apascentarão mais a si mesmos; e livrarei as minhas ovelhas da sua boca, e não lhes servirão mais de pasto. Porque assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu, eu mesmo, procurarei pelas minhas ovelhas, e as buscarei.
CUIDADO PARA NÃO TRABALHAR EM VÃO, e, Receber naquele dia a expressão: “NÃO VOS CONHEÇO”.
  


Pastor João Marcos Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário