sábado, 13 de dezembro de 2014

VENCEDOR MESMO EM MEIO ÀS TORMENTAS.

Lutas e tormentas passam sobre a nossa vida, mas, simplesmente passam.

Naum 1:2-7... O Senhor é Deus zeloso e vingador; o Senhor é vingador e cheio de furor; o Senhor toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos. O Senhor é tardio em irar-se, mas grande em poder, e ao culpado não tem por inocente; o Senhor tem o seu caminho na tormenta e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés. Ele repreende ao mar, e o faz secar, e esgota todos os rios; desfalecem Basã e o Carmelo, e a flor do Líbano murcha. Os montes tremem perante ele, e os outeiros se derretem; e a terra se levanta na sua presença; e o mundo, e todos os que nele habitam. Quem parará diante do seu furor, e quem persistirá diante do ardor da sua ira? A sua cólera se derramou como um fogo, e as rochas foram por ele derrubadas. O Senhor é bom, ele serve de fortaleza no dia da angústia, e conhece os que confiam nele.
Naum significa “consolação”, “compaixão” ou “confortador”. O nome é uma variação de Neemias, que significa “Iah consola”. Ele é chamado de “o elcosita” (1.1), isto porque era natural de Elcós, uma desconhecida cidade que, sabemos, ficava na parte sul de Judá. Profetizou para Judá, reino do Sul, e contra Nínive, capital da Assíria.
Este livro contém a visão da queda de um desses impérios: a Assíria, o leão que enchia a toca de caça (2:13), o opressor de Israel (1:12-13). É um canto do oprimido que sentia a que libertação se aproximava, porque o Império que dominava as nações estava prestes a vir abaixo.
O grande ensino de Naum é o senhorio divino sobre a História, e sua moralidade, que pune o mal; Necessário é saber que Deus não perdeu o controle do mundo e age no tempo que lhe apraz.
Naum deixa claro que os grandes poderes do mundo não são eternos. Sobre todos os opressores obstinados, indistintamente pesa o julgamento implacável de Deus, que toma o partido dos oprimidos.
A desconhecida Elcós onde nasceu o Profeta Naum, parece ser a Cafarnaum do Novo Testamento. Ou então a cidade de Cafarnaum recebeu este nome em homenagem a ele, pois o nome da cidade significa “vila de Naum”. Teólogos divergem sobre a data em que foi escrito o Livro de Naum, alguns entendem que é pouco posterior ao saque de Tebas em 663 AC, outros entendem que a profecia é pouco anterior à conquista de Nínive em 612 AC. Ali Jesus fez alguns de seus mais notáveis milagres e foi contra esta cidade que proferiu um duro discurso: “E tu, Cafarnaum, porventura serás elevada até o céu? até o inferno descerás; porque, se em Sodoma se tivessem operado os milagres que em ti se operaram, teria ela permanecido até hoje” (Mt 11.23).
Naum é o mais duro dos profetas, no uso de linguagem de condenação. Vejam seu “cartão de visitas”: “Oráculo acerca de Nínive. Livro da visão de Naum, o elcosita. O Senhor é um Deus zeloso e vingador; o Senhor é vingador e cheio de indignação; o Senhor toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos” (Na 1.1-2).
Naum é um dos seis profetas menores que não têm data no texto. Pelo contexto, deduzimos que ele profetizou cerca de 710 a.C. durante o reinado de Ezequias, ou em 650 a.C., durante o reinado de Manassés.
Objetivos do Livro de Naum - O livro, em linguagem poética, foi escrito para consolar Judá com referência ao seu feroz inimigo, a Assíria, profetizando a completa destruição de Nínive e a proteção de Judá (veja Is 14.24-27). A justiça e o julgamento de Deus sobressaem no livro. Neste sentido, os versículos chaves são 1.2-3: “O Senhor é um Deus zeloso e vingador; o Senhor é vingador e cheio de indignação; o Senhor toma vingança contra os seus adversários, e guarda a ira contra os seus inimigos. O Senhor é tardio em irar-se, e de grande poder, e ao culpado de maneira alguma terá por inocente; o Senhor tem o seu caminho no turbilhão e na tempestade, e as nuvens são o pó dos seus pés”, e 1.7: “O Senhor é bom, uma fortaleza no dia da angústia; e conhece os que nele confiam”. Aliás, este é um versículo que vale a pena ser decorado e internalizado no coração. É uma das joias ocultas nas páginas da Bíblia.
Naum descreve um Deus zeloso e vingativo, que virá com ira abrasadora contra seus inimigos, como se vê logo em 1.6: “Quem pode manter-se diante do seu furor? e quem pode subsistir diante do ardor da sua ira? a sua cólera se derramou como um fogo, e por ele as rochas são fendidas”. A propósito deste caráter de Deus veja também Êxodo 20.5; 32.9-10; Deuteronômio 4.24; Josué 24.19; Romanos 12.19; Hebreus 12.29; Apocalipse 6.15-17; 19.15.
Podemos concluir, dizendo que Deus é o Senhor da história. Nunca perdeu e nunca perderá o domínio. Eventualmente pode demorar em seu juízo, porque relógio de Deus é Kairós e o nosso é Cronos, por isso vivemos achamos que Deus está atrasado; entendamos que a sua vontade prevalecerá no tempo em que ele já determinou.
Para os incrédulos, uma advertência. Para nós, uma promessa. Há um Deus que pune o mal e que faz sua vontade triunfar. Há um Deus que vê os adversários de seu povo e os pune no momento certo. Por isto, confiemos no poder de um Deus que conduz a história e que a faz caminhar para onde ele deseja.
Lembremo-nos do que está escrito em (Hebreus 10:30)... “Pois conhecemos aquele que disse: Minha é a vingança, eu retribuirei. E outra vez: O Senhor julgará o seu povo”. Deus não perdeu o controle do mundo e age no tempo que lhe apraz.
A realidade é que o povo de Deus sempre passou por momentos difíceis, tormentas e grandes dificuldades. Necessário é lembrar-se das palavras de Jesus quando com ênfase afirmou que nos enviaria (enquanto discípulos), como ovelhas para o meio dos lobos. (Lucas 10:3)... Ide, eis que vos mando como cordeiro em meio de lobos. Amados! Observe que a ordem de Jesus foi: IDE. Assim, mesmo que os lobos estejam uivando em nossos ouvidos, estejamos certos que devemos prosseguir, pois a vitória é no fim da caminhada.
A Palavra de Deus afirma que a tormenta, os problemas e as tempestades vêm para todos, independentemente de serem ou não cristãos, ou seja; as adversidades não são características apenas dos que não temem a Deus, mas elas surgem na vida de todos. Todos nós passamos por momentos de tempestade aqueles momentos em que a normalidade do cotidiano muda repentinamente, e o mar da vida fica mais agitado.
O que fazer se já estivermos no meio de uma tempestade? Quando o vento sopra forte... O céu parece de bronze... As águas rugem...
Os discípulos de Jesus viveram um grande momento de tempestade: Estavam no mar num barco que ameaçava afundar sob da força dos ventos e das ondas e parecia ser uma situação impossível de atravessar: Vento bravio! Mar revolto! No entanto havia uma esperança: (Marcos 4:37 – 39)... Aconteceu que levantou-se um tremendo vendaval, e as grandes ondas se jogavam para dentro do barco, de maneira que este foi se enchendo de água. Jesus estava na popa, dormindo com a cabeça sobre um travesseiro. Os discípulos o despertaram e suplicaram: “Mestre! Não te importas que pereçamos?” Então, Ele se levantou, repreendeu o vento e ordenou ao mar: “Aquieta-te! Silencia-te!” E logo o vento serenou, e houve completa bonança.
Queridos! A tempestade está grande e parece que não mais acaba? Veja o que escreveu o Salmista. (Sal 30.5)... “O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem ao amanhecer.”
Como vencer a Tempestade:
a) Crê no que não vê. Tenha fé. Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não veem. (Heb. 11:1).
b) Ande conforme o que a Palavra de Deus ordenar: A Palavra de Deus é lâmpada, é Luz, é Bússola e permanece para sempre. Ela nos esclarece em meio às nuvens escuras. “Lâmpada para os meus pés e Luz para o meu Caminho. “ (Sal 119.105).  “A palavra do Senhor permanece para sempre". Essa é a palavra que foi anunciada a vocês. (I Ped. 1:25).
c) Ore. O mais poderoso recurso na hora da tempestade é a oração! A oração alivia a alma angustiada, lança para fora o medo e gera paz na alma!
c) Louve ao Senhor – Quando tudo fica mais difícil a única saída é cantar louvores ao Altíssimo! Saul tinha sua perturbação aliviada quando Davi tocava a harpa e louvava ao Senhor!
d) Persevere. Porque necessitais de perseverança, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, alcanceis a promessa. (Hebreus. 10:36).
e) Espere. Os que esperam no Senhor têm suas forças renovadas – “Os que esperam no Senhor renovarão as suas forças. Subirão com asas como águias, correrão e ao se cansarão, caminharão e não se fatigarão.” (Isaías. 40:31).
Veja a palavra de conforto que a Palavra de Deus nos traz: (Isaías 40: 26-31)... Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará. Por que dizes, ó Jacó, e tu falas, ó Israel: O meu caminho está encoberto ao Senhor, e o meu juízo passa despercebido ao meu Deus? Não sabes, não ouviste que o eterno Deus, o Senhor, o Criador dos fins da terra, nem se cansa nem se fatiga? É inescrutável o seu entendimento. Dá força ao cansado, e multiplica as forças ao que não tem nenhum vigor. Os jovens se cansarão e se fatigarão, e os moços certamente cairão; Mas os que esperam no Senhor renovarão as forças, subirão com asas como águias; correrão, e não se cansarão; caminharão, e não se fatigarão.
Veja essa linda historia que li: Uma garota fazia a pé o percurso até a escola, tanto na ida como na volta. Certo dia, de volta para casa, desabou uma forte tempestade. Como era o horário que a filha deveria estar saindo da escola, a mãe dirigiu-se para o local, pois imaginava que a filha estaria apavorada com tantos raios e trovões.
Quando encontrou a menina andando no meio da tempestade, a mãe reparou, surpresa, que, a cada relâmpago a criança olhava para cima e sorria.
Finalmente, quando a filha entrou no carro, a mãe, curiosa, comentou: Você parecia não estar com medo da chuva, pois reparei que estava sorrindo a cada relâmpago.
A menina respondeu: claro, mãe. O céu não para de tirar fotos minhas!! E quero que Deus me veja sempre sorrindo.

Pense nisso.



Apóstolo João Marcos Ferreira.

Um comentário:

  1. somente olos completo e lentes para oculos.Nao temos lentes de contato

    ResponderExcluir